Independiente bate River Plate e é o novo líder do Clausura argentino

março 9, 2010

O Independiente venceu na noite desse domingo o River Plate por 2 a 0 e chegou à liderança isolada do torneio Clausura 2010 do Campeonato Argentino, contando também com a derrota do ex-líder Godoy Cruz para o Newell’s Old Boys por 2 a 1.

A equipe de Avellaneda não deu chances ao enfraquecido River Plate e o afundou com os gols marcados por Darío Gandín aos 38 minutos do primeiro tempo e Andrés Silvera aos 16 minutos da segunda etapa. Com o gol, Silvera agora divide a artilharia com Martín Palermo, do Boca Juniors, com seis gols.

O Independiente, do técnico Américo Gallego, soma cinco vitórias e dois empates no torneio. O time não vence um torneio nacional desde 2002, quando também tinha Gallego como técnico.

Já o River passa por uma fase complicada e tudo indica que, se continuar dessa maneira, terá problemas para permanecer na primeira divisão por conta da média de pontos conseguidos nos dois últimos anos, os piores de sua história. O time venceu apenas duas partidas das oito que disputou, marcou seis gols e está longe da liderança por oito pontos.


San Lorenzo volta a vencer pelo Campeonato Argentino

março 2, 2010

O San Lorenzo quebrou um incômodo jejum sem vencer no Torneio Clausura do Campeonato Argentino ao passar pelo Tigre por 1 a 0, em casa. A equipe treinada pelo ex-jogador Diego Simeone não sabia o que era vencer havia quatro partidas, e não balançava as redes havia 509 minutos.

O autor do heróico gol foi o uruguaio Emiliano Alfaro, que fez aos 36 da etapa final. Naquele momento, a torcida estava vaiando o time e o treinador – que comemorou o resultado gritando em direção às arquibancadas. Simeone corria risco de demissão, já que o San Lorenzo tinha vencido apenas o primeiro jogo.

Muito violento, o confronto acabou com dois jogadores expulsos nos minutos finais: Nelson Benítez, do San Lorenzo, e Ribair Rodríguez, do Tigre. O time de Almagro chegou aos sete pontos, e o Tigre parou nos oito.

Em outra partida disputada neste domingo, o Lanús confirmou a recuperação mostrada na Copa Libertadores ao derrotar ao Atlético Tucumán por 3 a 0, com gols de Blanco, Lagos e do paraguaio Santiago Salcedo.


Luiz Alberto estreia com empate no Boca Juniors

março 1, 2010

Na estreia do brasileiro Luiz Alberto como jogador do Boca Juniors na noite desta sexta-feira, a equipe xeneize empatou com o Estudiantes de La Plata por 1 a 1, no Estádio de La Bombonera, em Buenos Aires, em jogo válido pelo Torneio Clausura, competição equivalente ao segundo turno do Campeonato Argentino.

O gol dos donos da casa foi marcado pelo veterano atacante Martín Palermo, cobrando pênalti aos 25 minutos do primeiro tempo. Entretanto, aos 47 do segundo tempo, Leandro González empatou para os visitantes. Sem disputar a Libertadores da América, competição da qual já foi campeão três vezes, o Boca Juniors volta suas atenções exclusivamente para o Argentino, cujo líder no momento é o Vélez Sarsfield.

O Estudiantes, atual detentor do título continental, é o segundo colocado de seu grupo da Libertadores. A equipe de Verón goleou o Juan Aurich, do Peru, por 5 a 1 na estreia, mas acabou derrotado por 4 a 1 pelo Alianza Lima, outro clube peruano, na rodada seguinte.


‘Vai ser muito bom poder estrear em La Bombonera’, diz Luiz Alberto

março 1, 2010

esta sexta-feira, o zagueiro Luiz Alberto realizará sua estreia pelo Boca Juniors. O brasileiro entrará em campo pela primeira vez no time argentino justamente diante do Estudiantes de La Plata, atual campeão da Taça Libertadores. A partida será um dos jogos de abertura da 6ª rodada do Torneio Clausura do Campeonato Argentino.

Feliz com a nova fase na carreira, Luiz Alberto falou da expectativa de estrear no tradicional clube Hermano.

“Vai ser muito bom poder estrear em La Bombonera e ter esta torcida maravilhosa nos apoiando. Espero começar a construir uma bela história aqui, estou com confiante e bastante motivado. Enfrentaremos o Estudiantes, uma equipe que dispensa comentários, mas vamos buscar a vitória durante os 90 minutos”, disse.


Zagueiro Luiz Alberto deve estrear no Boca Juniors nesta sexta

fevereiro 24, 2010

Contratado neste mês para defender as cores do Boca Juniors, o zagueiro Luiz Alberto, ex- Fluminense, deve realizar sua estreia pela equipe portenha na próxima sexta-feira, quando o time de La Bombonera enfrenta o Estudiantes de La Plata, em casa, pela sexta rodada do Campeonato Argentino.

Nesta quarta-feira, o técnico Abel Alves realizou um treinamento com portas fechadas e colocou o zagueiro brasileiro entre os titulares, formando dupla com Barroso. Assim, Cláudio Morel Rodríguez foi deslocado para a lateral esquerda e Monzón ficou fora. A estrela Riquelme não participou das atividades por conta de uma gripe, mas deve jogar.

Com apenas uma vitória conquistada nos primeiros cinco jogos do Campeonato Argentino, o Boca Juniors passa por momento de crise. Neste ano, além de passar por problemas financeiros, a equipe não disputará a Copa Libertadores da América, torneio que já conquistou seis vezes.


Não servem lá, mas cabem aqui?

fevereiro 24, 2010

O tal “efeito Petkovic” veio com força nesse início de temporada. Foi um tal de Sávio pra lá, Edilson pra cá, Roberto Carlos aqui, Giovanni acolá. A participação do sérvio, quase um ex-jogador naquela altura, na arrancada do Flamengo rumo ao título brasileiro, de repente, parece ter convencido nossos clubes de que o caminho para o sucesso passa pela aposta em alguém em fim de carreira. Algo pra lá de suspeito, muito particular e que, convenhamos, precisa contar com uma boa dose de sorte para dar certo.

Algo também que se encontra em pauta entre nossos vizinhos argentinos. Mas lá o efeito é inverso e eles se perguntam se os chamados ‘históricos” não podem mesmo ser ‘tocados’. Um deles, e que suscitou parte desse movimento, é o novo goleiro do Inter, Pato Abbondanzieri, de estreia discreta nesta terça-feira, contra o Emelec, pela Libertadores.

Aos 37 anos, Pato está longe de apresentar a mesma forma que o conduziu a uma Copa do Mundo. Não é exagero dizer: não vem bem já há três temporadas – um processo que se iniciou naquele Getafe e Bayern de Munique, pela Copa da Uefa. Com a perda da titularidade na Espanha, voltou para o Boca Juniors, não mostrou a mesma confiança de antes e, com a troca de comando no clube neste ano, perdeu o seu lugar na equipe.


Abbondanzieri sobre troca de Boca pelo Inter: “Tomei a melhor decisão”

fevereiro 23, 2010

O goleiro argentino Roberto Abbondanzieri confirmou a saída do Boca Juniors, equipe com a qual ganhou 14 títulos, e irá nos próximos dias para o Internacional do Porto Alegre. O jogador de 37 anos tomou a decisão de cancelar seu contrato com o clube argentino, que vencia no final deste ano, depois que o técnico Abel Alves o tirou da equipe titular no fim de semana passado.

“Tomei a melhor decisão para mim e para o clube. Ainda me restavam nove meses de contrato com o Boca, mas dou prioridade à vontade de jogar”, disse Abbondanzieri. “Ainda me sinto útil. Se eu devia respeitar Abel Alves e Javier García (agora goleiro titular), não podia pensar em voltar a jogar”, acrescentou.

Abel Alves, que assumiu como técnico após a demissão de Alfio Basile dias antes de começar o atual torneio Clausura, também tirou da equipe titular o lateral Hugo Ibarra, outro dos tradicionais jogadores do Boca.